Passar para o Conteúdo Principal Top
logótipo CMV
Perguntas Frequentes   Facebook Twitter Instagram Flickr Youtube ISSUU RSS feed
 

O Território

A Área Metropolitana do Porto (AMP) é composta por 17 municípios com o seu centro no Município do Porto, que se encontra rodeado pelos Municípios de Matosinhos, Maia, Valongo, Gondomar e Vila Nova de Gaia e, como que formando uma segunda coroa geográfica, pelos Municípios de Vila do Conde e Póvoa de Varzim (a Norte) e Espinho (a Sul).

Assim, a AMP coincidiu - até 2004, com a sub-região NUTS III – Grande Porto. Em Janeiro de 2005 foi formalizada a adesão de cinco novos Municípios: Arouca, Santa Maria da Feira e São João da Madeira, a Sudeste (na sub-região de Entre Douro e Vouga), e Santo Tirso e Trofa, a Nordeste (na sub-região do Ave). E mais recentemente Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Paredes.

A AMP, com uma dimensão populacional de cerca de 1,75 milhões de indivíduos, ocupa uma superfície de 2042,3Km², correspondendo a uma densidade populacional de 861,5 habitantes por km2.

O Município de Valongo é formado por quatro freguesias: Alfena, Ermesinde, Campo | Sobrado e Valongo, ocupando uma área total de 75,1 Km² e fazendo fronteira a Sudoeste com Gondomar, a Oeste com a Maia e a Nordeste com os Concelhos de Santo Tirso, Paços de Ferreira e Paredes. Representa ainda, 4,7% da superfície e 6% da população residente na AMP. O Concelho de Valongo tem conhecido na última década um desenvolvimento ímpar em toda a AMP, designadamente graças ao investimento público em áreas fundamentais como as infraestruturas gerais, as acessibilidades ferroviárias e rodoviárias, a qualificação urbana e a construção de equipamentos culturais, sociais e desportivos, bem como uma forte aposta na vertente ambiental.

A área metropolitana em que se insere tem acolhido uma série de investimentos infraestruturais determinantes para o desenvolvimento da Região. São exemplos disso, a renovação e ampliação do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a construção do Metro e de uma série de estruturas rodoviárias regionais que têm permitido toda uma maior mobilidade de pessoas e de bens.

Mapa