Passar para o Conteúdo Principal Top
logótipo CMV
Perguntas Frequentes   Facebook Twitter Instagram Flickr Youtube ISSUU RSS feed
 

«Grafitar não é estragar» - inaugurado mais um projeto OPJV de âmbito concelhio

Notícias
«Grafitar não é estragar» - inaugurado mais um projeto OPJV de âmbito concelhio
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
20 Junho 2018

Já foram inaugurados os três murais que resultaram do projeto OPJV de âmbito concelhio «Grafitar não é estragar» que teve como proponente Cátia Azevedo. As pinturas que agora embelezam o Pavilhão n.2 de Campo, o parque da Cidade de Valongo e o Skate Park da Vila Beatriz, em Ermesinde, são, respetivamente, da autoria dos artistas Mesk, Hazul e Godmess.

O OPJV - Orçamento Participativo Jovem de Valongo é um projeto do Município de Valongo que visa o envolvimento dos jovens na comunidade de uma forma mais construtiva e participada. Através da criação de um pensamento dinâmico e crítico sobre o território que agrega as cidades de Valongo, Ermesinde e Alfena e as vilas de Sobrado e Campo, o OPJV permite que os jovens não só apresentem as suas ideias, mas também que as construam, debatam e concretizem. Podem participar no OPJV jovens dos 6 aos 35 anos de idade que estudem ou residam no concelho de Valongo.

Entretanto, está já a decorrer a edição de 2018 do OPJV. A gala final onde serão os vencedores desta edição realiza-se a 30 de junho. Os projetos intergerações são a principal novidade da 5.ª edição, que no total disponibiliza 120.000 Euros. Cada projeto vencedor será financiado com 10.000 Euros: 5 projetos na categoria “Escolar”; 5 projetos na categoria “Extraescolar” e 2 projetos "Gerações".

"O Orçamento Participativo Jovem de Valongo é uma das iniciativas que se insere no nosso projeto global «Uma Comunidade Mais Esclarecida é uma Comunidade mais Participativa». Todos os anos inovamos e aperfeiçoamos o OPJV, que é já um modelo de inspiração para outros municípios”, salienta o Presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro. Em 2018, o objetivo é juntar duas gerações, juntar a sabedoria dos mais velhos com a irreverência dos mais novos e colocar isto ao serviço da comunidade. Pode ser o avô ou a avó, ou vizinhos seniores, a juntarem-se aos mais novos. Esta ideia tem muito potencial porque podem surgir visões e estratégias diferentes", considera autarca, que é também o Presidente da Rede Portuguesa de Autarquias Participativas.