Passar para o Conteúdo Principal Top
logótipo CMV
Perguntas Frequentes   Facebook Twitter Instagram Flickr Youtube ISSUU RSS feed
 

Nova viatura para recolha seletiva de resíduos entregue ao Município

Notícias
Nova viatura para recolha seletiva de resíduos entregue ao Município
DSC_6716
36978755_2045330768820211_4894178575969681408_n
36968050_2045330732153548_2896790179400384512_n
DSC_6712
Messaging1531405341766
12 Julho 2018

A “Cerimónia de entrega das Novas Viaturas, de apoio à promoção da recolha seletiva de resíduos recicláveis e orgânicos, aos Municípios LIPOR” realizou-se no dia 12 de julho. Valongo foi um dos municípios contemplados.
Dignou-se presidir a este momento solene o Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, estando também presentes representantes do Conselho Diretivo do POSEUR.
Foram entregues 13 viaturas, das quais 9 movidas a Gás Natural, financiadas pelo Programa POSEUR, num investimento total de um milhão e novecentos mil euros.
Este investimento, além do objetivo principal de reforçar a aposta na recolha seletiva de materiais recicláveis da Lipor e dos seus municípios associados, resulta também de uma busca por soluções alternativas que ajudem a diminuir a poluição do ar e o ruído nos grandes centros urbanos.
O gás natural é um dos combustíveis de futuro, quer em termos de custos quer em termos de impacto no ambiente, pela ausência de enxofre, hidrocarbonetos e partículas nas saídas e baixas emissões de CO2.
Este é um investimento com um duplo impacto positivo – aumento das quantidades de recicláveis recolhidas e diminuição da poluição nas áreas urbanas.

A LIPOR é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos Municípios associados: Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.
A LIPOR trata anualmente cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos por 1 milhão de habitantes. Sustentada nos modernos conceitos de gestão de RU, a LIPOR desenvolveu uma estratégia integrada de valorização, tratamento e confinamento dos RU, baseada em três componentes principais: Valorização Multimaterial, Valorização Orgânica e Valorização Energética, complementadas por um Aterro Sanitário para receção dos rejeitados e de resíduos previamente preparados.
Ao assumir de forma clara que a gestão de resíduos é realizada na ótica do recurso, a LIPOR firma todos os esforços na sua valorização mais adequada, abordagem esta que tem por base a projeção de um modelo circular de negócios, e é sustentada por projetos demostrativos das práticas circulares de suporte. A atuação da Organização permite consolidar um posicionamento que se preconiza pela criação de valor no ciclo produtivo, caracterizado pela reintrodução do “resíduo” como “recurso” na cadeia de valor.
A nível nacional, a LIPOR pretende ser impulsionadora da temática da Economia Circular, através da partilha de novas estratégias e procura de soluções mais eficazes.