Passar para o Conteúdo Principal Top
logótipo CMV
Perguntas Frequentes   Facebook Twitter Instagram Flickr Youtube ISSUU RSS feed

Entrega da Medalha de Valor Desportivo ao CPN

Eventos
23 e 24 Set 2016
Adicionar a calendário 2016-09-23 22:00:00 2016-09-24 00:00:00 Europe/Lisbon Entrega da Medalha de Valor Desportivo ao CPN Entrega da Medalha de Valor Desportivo ao CPN Evento Câmara Municipal de Valongo
Entrega da Medalha de Valor Desportivo ao CPN

A cerimónia pública da entrega da Medalha de Valor Desportivo ao CPN - Clube Propaganda da Natação realiza-se no dia 2 de outubro, às 21h00, no Fórum Cultural de Ermesinde.

 

A atribuição da Medalha de Valor Desportivo ao CPN insere-se nas comemorações do 75.º aniversário da coletividade.

O Clube Propaganda da Natação, CPN, sediado na cidade de Ermesinde, Concelho de Valongo comemora em outubro de 2016 os 75 anos de existência ao serviço do desporto complementadas com as vertentes social e cultural. Durante estes anos o clube esteve ao serviço da Cidade de Ermesinde, do Concelho de Valongo e do país, sendo esta efeméride o momento ideal para se efetuar o devido reconhecimento.
O Clube Propaganda da Natação foi fundado no ano de 1941, e desde dessa altura até ao presente momento desenvolveu várias modalidades desportivas, com a conquista de muitos e variados títulos e prémios ao mais alto nível, como o Basquetebol, Andebol, Natação, Karaté, Xadrez, Pesca Desportiva, Ténis de Mesa, Ginástica, Damas, Cicloturismo, Voleibol, Bilhar, Aeromodelismo, Halterofilismo, Tiro ao Alvo, Hóquei em Patins, Automobilismo e Pólo-Aquático, representando e dignificando sempre a Cidade de Ermesinde e o Concelho de Valongo. O CPN educou e formou milhares de jovens, oriundos não só do Concelho de Valongo, mas também dos concelhos vizinhos, de outras regiões do país e até atletas internacionais que fizeram parte da equipa de Basquetebol do CPN. Em todas as épocas desportivas o Clube Propaganda da Natação tem centenas de atletas nas escolas de formação, nas mais variadas modalidades, disputando em várias delas os títulos de campeões distritais, regionais e nacionais.
É de destacar os êxitos desportivos, nos últimos anos, do atleta do CPN Carlos Rodrigues, Campeão Mundial de Komite (Combate), Veteranos, em 2016. Salienta-se também o desempenho do treinador do CPN Agostinho Pinto, Selecionador Nacional da Seleção Nacional de Basquetebol Feminino Sub 18. Ainda em 2016 a equipa do CPN de Basquetebol Feminino Sub 14 sagrou-se Bicampeão Nacional.

 

 

BREVE RESENHA HISTÓRICA
(1941 – 2016)

Fundado em 1 de Outubro de 1941, o Clube de Propaganda da Natação surge primeiro, através de Joaquim Ferreira Lagoa, como Delegação em Ermesinde do Grupo de Propaganda da Natação do Porto, este criado três anos antes, com o fim exclusivo de propagandear a aprendizagem e a prática da natação, nas praias fluviais e marítimas. À época, Ermesinde conhecida como a “Sintra do Norte”, reunia as condições favoráveis à sua expansão, aproveitado que foi, nas décadas seguintes, as límpidas águas no leito do Rio Leça. Ali se disputaram os diferentes campeonatos e torneios da modalidade, principal atracção numa Vila onde o associativismo, ainda muito incipiente, ia dando os primeiros passos.
Os Bombeiros Voluntários de Ermesinde (1921), o Ermesinde Sport Clube (1936) e a Juventude Operária Católica (1938), estavam longe de responder à prática de outras modalidades desportivas e actividades culturais e recreativas que, deste modo se expandiram a partir das décadas de 40 e 50 com a prática da natação, o ténis de mesa, o campismo, a ginástica, o basquetebol, o andebol, o cicloturismo, a pesca desportiva, o campismo e o tiro ao alvo. Em 1948, face à inexistência de um recinto desportivo, o Director Geral dos Desportos inaugura o Parque de Jogos do CPN: o antigo Campo do Calvário.
Espaço de encontro, aprendizagem e convívio, institucionalmente formado e já com instalações próprias, a sede, acompanhando os primeiros feitos do seu ténis de mesa feminino, vê surgir os primeiros saraus culturais, bailes, cinema, exposições e festas de angariação de fundos em prol das instituições locais mais carenciadas e de apoio social. Em força, e através do excursionismo, o país é visitado, consolidando igualmente, fortes laços de amizade entre os sócios, familiares e amigos do Clube, muitos deles, frequentadores da sede no âmbito das aulas da Campanha Nacional de Educação de Adultos.
As décadas de 60 e 70, marcam já e notoriamente, uma Vila menos rural e de rápido crescimento demográfico, causa e efeito de um caos urbanístico, à pressa e sem planeamento, implantado por uma população que às portas do Porto procura fazer e refazer, melhores caminhos de vida. O CPN, ponto de encontro de ideias e manifestos, acolhe ao ritmo dos ventos da mudança, novas gerações, filhos de pais que nunca foram meninos, tornando mais ecléctico, o Clube que, dentro e fora de portas, preparava homens e talhava os primeiros campeões nacionais.
As mutações políticas, culturais e sociais operadas em Abril de 74, pouco se fizeram sentir na mística Cepeenista. Os anos anteriores já registavam, de quando em vez, inconformismos resultantes de vivências opressivas e contestatárias. Por cá, Abril tinha chegado antes. O Clube, no forte caudal do associativismo que proliferava no país, consolida, na formação e competição, a prática desportiva, agora também com o boxe, o hóquei em patins, o xadrez e as damas, sempre intervalados pelos polémicos e reincidentes jogos de cartas. Em força, ressurge as exposições fotográficas, o cinema, palestras, saraus musicais e as Comissões de Festas, estas responsáveis pela angariação de fundos para as necessárias obras que se impunha na Sede Social, à Rodrigues de Freitas.
O Leça já há muito que não recebia a prática da natação. O rio corria morto e poluído, apenas guardava nas suas margens, memórias de um estendal de gente que outrora, ali ocorria e se banhava no consolo do sol de verão. As únicas braçadas que o CPN recuperara, viriam a nascer com o surgimento do Pólo Aquático.
Os inícios dos anos 90, marcam as Comemorações das Bodas de Ouro. Nos múltiplos eventos são lembrados e homenageados antigos atletas, sócios e dirigentes. À história, são chamados e registados os títulos nacionais e regionais que o CPN conquistara e se dava a conhecer ao mundo. Entre as demais modalidades, é no ténis de mesa e no basquetebol que se demora a maior consagração. O saudoso Álvaro Mendes é homenageado e condecorado como sócio, atleta e dirigente. A Autarquia, depois de prendar o Clube com a compra da sede social, reconhece e distingue o mesmo a atribuição da Medalha de Valor Desportivo.
Sendo uma década de festa e comemorações, a mesma constituiu igualmente um marco importante na vida do CPN. O alargamento e a remodelação da nova Estação de Caminhos de Ferro de Ermesinde, ditaram a demolição da antiga sede social, dando início à construção das novas instalações na Avenida João de Deus. Teria sido, no percurso histórico da instituição, o período mais conturbado e contestado pelos sócios face às polémicas intensões dos seus dirigentes. Desde a desmesurada ambição na construção de um complexo desportivo de raiz, ele mesmo, megalómano para as reais dimensões da prática desportiva, até à eventual expropriação e derrube das antigas instalações, o processo foi moroso, controverso e contestatário. De assembleia em assembleia, temperadas pela conflitualidade aberta, os sócios contestam, interrogam-se e... muitos deles, já não identificados com o clube, abandonam em retaliação com os dirigentes de então. Este fecha para que a demolição faça o resto. E fez.
Volvidas duas décadas, ainda hoje se questiona a necessidade de tal demolição. A pertinência reside nas sucessivas crises directivas, maioritariamente causadas pela incompatibilidade em assegurar compromissos financeiros sobre os gastos de utilização e manutenção dos novos espaços e equipamentos. É pois, um virar de página a caminho dos 75 anos.
É perante um contexto extraordinariamente diferente das últimas Comemorações de 1991 que o Clube de Propaganda da Natação evoca as Bodas de Diamante. Fá-lo, recordando os factos e os feitos históricos e desportivos alcançados. Hoje como ontem, relembra nos incontáveis eventos realizados, infinitos títulos internacionais, nacionais e regionais. Repetirá, orgulhosamente, as justas e devidas homenagens aos seus timoneiros e obreiros que, linha a linha, jogo a jogo, teimam em preencher a História do Clube, na mística com que viveu e consubstanciada na mens sana in corpore sano.

CPN e Ermesinde, 21 de Setembro de 2016

Horário:
21:00 - 21:30
Organização:
Câmara Municipal de Valongo