Passar para o Conteúdo Principal Top
logótipo CMV
Perguntas Frequentes   Facebook Twitter Instagram Flickr Youtube ISSUU RSS feed
 

Milhares de visitantes encantados com a tradição na Feira da Regueifa e do Biscoito & Mercado Oitocentista

Notícias
Img 9475 1 1024 450
Img 9663 1 1024 450
Img 9410 1 1024 450
Dsc 2195 1 1024 450
Dsc 1524 1 1024 450
Dsc 1466 1 1024 450
Dsc 1515 1 1024 450
Dsc 1200 1 1024 450
Img 8748 1 1024 450
Img 7524 1 1024 450
Img 6434 1 1024 450
Img 8859 1 1024 450
07 Junho 2018

A edição de 2018 da Feira da Regueifa e do Biscoito & Mercado Oitocentista realizou-se de 30 de maio a 3 de junho, no eixo central da cidade de Valongo, cujas artérias decoradas a rigor pelos comerciantes e moradores se encheram de animação, para que os visitantes pudessem conhecer e saborear o pão, a regueifa, os biscoitos e demais iguarias gastronómicas típicas da região, neste evento cultural que é também uma homenagem a uma das principais marcas identitárias do Município de Valongo e à sua História. Organizada pela Câmara Municipal de Valongo em parceria com a Junta de Freguesia de Valongo, a Feira da Regueifa e do Biscoito & Mercado Oitocentista destina-se assim a valorizar e promover o que Valongo tem de mais emblemático e que constitui uma das suas marcas de excelência – a Regueifa e o Biscoito.

"A Feira da Regueifa e do Biscoito mostra a paixão que os valonguenses têm por esta tradição muito antiga. Há mais de 400 anos que fazemos do melhor pão, da melhor regueifa e dos melhores biscoitos seguramente de todo o mundo! Portanto, há uma história que se conta aqui e que tem ligações a todo o concelho, que tem ligações aos moinhos, que tem ligações ao comércio do pão, às estórias, às pessoas, às famílias, à Igreja Matriz”, considera José Manuel Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal de Valongo.

“Vale a pena vir a Valongo conhecer, não só neste tempo da Feira, mas durante todo o ano esta tradição lindíssima!", frisa o autarca.

“Investimos muito na preparação deste evento e mesmo com o tempo incerto recebemos largos milhares de visitantes. Ao longo dos últimos anos esta feira ganhou força e a comunidade não deixará que ela acabe, porque estamos a reativar memórias. A Feira da regueifa e do Biscoito Tem sido um imenso sucesso e vai continuar a sê-lo”, garante José Manuel Ribeiro, adiantando que, a partir do próximo ano, com a abertura da Oficina de Promoção da Regueifa e Biscoito, se vai “colar” tudo o que existe no território ligado a esta tradição.

“Em 2018, resolvemos aumentar para 5 dias este grande evento cultural que tem vindo a reativar as memórias desta terra, desta gente, desta cidade, deste concelho profundamente ligada à panificação e à arte centenária de fabricar delicioso pão, regueifa e biscoitos numa terra do Grande Porto que se quer afirmar como um local onde a memória e a história estão juntamente com a inovação a criar novos pretextos para uma visita a este espaço muito especial daquilo que é o nosso Grande Porto”, salienta o autarca.

Com presença das principais padarias e biscoitarias do concelho de Valongo, o evento teve animação diária, com fabrico ao vivo, recriações históricas, exposições, cortejos, teatro, danças, passeios a cavalo e grandes espetáculos. Gisela João, Berg, Toy, Ana Bacalhau e Rouxinol Faduncho foram os cabeças de cartaz de edição de 2018, que foi alargada para 5 dias. Na programação destacaram-se ainda os cortejos alegóricos, a cerimónia da Bênção do Pão de Santo António, o Concurso da Melhor Regueifa e do Melhor Biscoito, o III Capítulo da Confraria do Pão, da Regueifa e do Biscoito, a Exposição Heritage – Criatividade e Inovação de Artistas e Instituições, na Rua de Sousa Paupério, e a Mostra de Santo António dos Pobres, no Museu Municipal.