Passar para o Conteúdo Principal Top
logótipo CMV
Perguntas Frequentes   Facebook Twitter Instagram Flickr Youtube ISSUU RSS feed
 

Câmara aprova plano de pormenor que reserva terrenos para novos Paços do Concelho, praça e acesso à Secundária de Valongo

Notícias
Img 0278 1 1024 450
Img 0285 1 1024 450
03 Agosto 2018

A Câmara Municipal de Valongo aprovou hoje por unanimidade a proposta de início do procedimento do Plano de Pormenor do Centro Direcional de Valongo, uma “decisão estratégica” que vai criar condições para resolver os constrangimentos dos acessos à Escola Secundária de Valongo e acautelar a reserva do terreno para o futuro edifício dos Paços do Concelho e de uma nova Praça.
“Esta é uma das decisões mais relevantes que vamos tomar para os próximos anos. Esta solução é a mais adequada para resolver os problemas do acesso à Escola Secundária de Valongo e para acautelar uma futura praça e um novo edifício dos Paços do Concelho que tenha a dignidade que deve possuir um edificio desta natureza”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, salientando que a elaboração de um plano de pormenor é a forma mais correta e aconselhada para se gerir este espaço central da cidade de Valongo.
O autarca ressalvou ainda que a propriedade privada será respeitada e que as famílias proprietárias dos terrenos que serão condicionados já foram esclarecidas sobre este procedimento que será transparente e participado. “Vai haver discussão pública, é tudo às claras”, disse.
De acordo com a proposta aprovada por unanimidade, “a estruturação de um vazio urbano, localizado no centro da cidade e classificado como espaço central no Plano Diretor Municipal de Valongo, permitirá a criação de um novo centro cívico e direcional para a cidade, integrando diversas funções terciárias e habitacionais e possibilitando ainda a construção de um espaço público de referência e representação, ao mesmo tempo que virá a permitir a disponibilização de uma área para a construção do edifício para a instalação dos Paços de Concelho. Pretende-se resolver o problema do estrangulamento no acesso à Escola Secundária de Valongo, que se faz através da Rua Visconde Oliveira do Paço, a qual claramente não comporta o tráfego atual gerado por este equipamento. Por isso torna-se necessário o aumento da mobilidade na área, melhorando a acessibilidade entre o centro da cidade e este equipamento, e ao mesmo tempo a diminuição de conflitos entre o peão e o automóvel incrementando os níveis de segurança sobretudo para as utilizações pedonais (passeios e iluminação)”.
Com uma área total de 5,6 hectares, o Plano de Pormenor do Centro Direcional de Valongo prevê também uma ligação pedonal entre a Escola Secundária de Valongo e a Escola EB 2/3 Vallis Longus, interligando-a com os percursos pedonais existentes e acautelando a sua ligação a pontos nevrálgicos de uma rede pedonal alargada, bem como ligações às redes de transporte públicos e ciclovias. Estão também contemplados ao longo deste percurso entre os dois equipamentos de ensino, a localização de espaços verdes, cafetarias e esplanadas por forma a vivenciar, positivamente o tecido urbano.
Além de permitir a estruturação de um vazio urbano no espaço central da Cidade, esta proposta permitirá também a criação de um espaço público de referência e representação de Valongo, bem como o desenvolvimento de uma nova imagem urbana da cidade, contribuindo para o reforço da identidade dos residentes no concelho de Valongo.