Passar para o Conteúdo Principal Top
logótipo CMV
Perguntas Frequentes   Facebook Twitter Instagram Flickr Youtube ISSUU RSS feed
 

Câmara de Valongo aumenta em 30.000€ apoio anual aos Bombeiros de Ermesinde e de Valongo

Notícias
0b1a1442 1 1024 450
0b1a1444 1 1024 450
0b1a1505 1 1024 450
0b1a1439 1 1024 450
0b1a1437 1 1024 450
0b1a1474 1 1024 450
0b1a1425 1 1024 450
0b1a1426 1 1024 450
0b1a1429 1 1024 450
17 Abril 2019

A Câmara Municipal de Valongo reforçou o apoio anual às Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Valongo e Ermesinde. Com este aumento superior a 30.000€, o montante anual de apoios aos bombeiros do concelho vai ultrapassar os 250.000€.
A adenda aos protocolos foi aprovada por unanimidade pelo executivo municipal e prevê apoio para as despesas com os prémios das apólices de seguro das viaturas das corporações (850€ mensais) e aquisição de Equipamentos de Proteção Individual de Combate a Incêndios em Espaços Naturais, para todos os/as novos/as bombeiros/as que ingressem na carreira de bombeiro voluntário. O custo de cada equipamento de Proteção Individual de Combate a Incêndios em Espaços Naturais para os novos elementos que ingressem na carreira de bombeiros voluntários está estimado em 540€, valor que inclui fato de proteção florestal (calças e dolmen), botas florestais, capacete florestal, luvas de combate a incêndios florestais, camisola ignífugas e capuz de proteção florestal (cógula).
Este é o segundo aumento nos apoios em dois anos, pois reconhecendo as dificuldades das Associações Humanitárias de Bombeiros em conseguir cumprir o seu papel, cada vez mais exigente e dispendioso em termos de meios, em 2017, depois de 20 anos sem atualizações, a Câmara Municipal atualizou em 33% o valor mensal, aumentando 1500€ o subsídio, que passou a ser de 6000€ mensais para cada uma das corporações.
“Os Bombeiros Voluntários de Ermesinde e de Valongo são fundamentais para garantir a segurança e o socorro às populações, por isso, na sequência do diálogo que mantemos quotidianamente com as duas corporações decidimos mais este apoio, que sendo despesa corrente para o Município é também receita corrente para os bombeiros”, considerou o Presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, elogiando também “o desempenho altruísta e o inestimável serviço que as duas associações de bombeiros voluntários prestam a toda a população do Concelho de Valongo e não só, o que nem sempre é devidamente reconhecido”.
A assinatura das adendas aos protocolos entre o Município de Valongo e as Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Ermesinde e de Valongo realizou-se ontem, dia 16 de abril, ao final da tarde, e contou com a presença dos Presidentes das direções das respetivas associações humanitárias, Jorge Videira e Armando Pedroso.
A atribuição destes subsídios assenta na responsabilidade legal da Autarquia na área da Proteção Civil, no que respeita ao socorro de pessoas e bens e defesa do património, valores consagrados na Lei de Bases da Proteção Civil.